Sobre as Mulheres Poderosas



Há algo estrutural na psique humana que envia uma mensagem latente de que as mulheres poderosas (ou de poder ou com poder) são, regra geral, umas tremendas manipuladoras das energias e passam a vida a fazer mezinhas e amarrações para os incautos que caem nas suas malhas…


Eu, pessoalmente, estou cansadíssima desse estigma… sério!…


E esta afirmação sub reptícia não afecta apenas a incapacidade dos homens lidarem com o poder de uma mulher, mas também afecta as mulheres que invejam o poder da outra.

Pura e simples.


Os homens, na sua boa parte, afastados do seu poder pessoal e brilho natural, dizem que gostam de mulheres afirmativas, decididas, que sabem o querem e que vivem com uma certeza inerente ao acto da vida… contudo, quando lhes aparece uma pela frente são os primeiros a tentar refrear o poder dessa mulher para depois, quando não conseguem, afirmar a pés juntos e de mão no peito que são alvos da sua negra magia (ou pelo menos pensam isso uma ou duas vezes…).


As mulheres, na sua boa parte, afastadas do seu amor próprio e brilho natural, dizem que gostam de mulheres com uns grandes ovários e que saibam ser amigas de verdade, mas quando uma dessas mulheres se apresenta nas suas vidas já a conversa muda de tom, pois “são demasiado aquilo que eu tenho medo de ver em mim!”… Então passam ao ataque, maledicência, inveja… e acabam por espalhar boatos infundados de que a fulana X, que é uma bruxa, e faz magias negras para prender ou manipular os outros...


Eu considero-me… esperem: EU SEI! que sou uma mulher poderosa… ou uma mulher de poder… ou uma mulher com poder… Sei o que quero, defendo as minhas causas, abomino o patriarcado dentro e fora de mim, conheço a minha arte, aprofundo os meus dons e aprendo ao longo da vida a torná-los em ofícios…


Conheço a magia, os elementos, os mundos invisíveis, lido com a sombra, danço com a luz, contacto com demónios mas são os Arcanjos e as Deusas que me inspiram na cura…


Falo com animais, árvores e estrelas, sinto e vejo o que poucos sentem e vêem… Sim, sou uma feiticeira, bruxa, sacerdotisa, maga… chamem-lhe o que quiserem…


Domino as energias e sempre serei sua eterna aprendiz, conheço os meandros da energias da vida e da sexualidade, movimento-me em dimensões onde poucos conseguem ir…


Mas…

oh senhores e senhoras,

tenho mais que fazer do que andar a abrir e a fechar altares e portais para manipular quem e o que quer que seja!

Sabem porquê?

Porque não preciso do poder alheio para ocupar o meu lugar… não preciso manipular, nem interferir, nem nada que o valha, pois a minha Vida e o meu Ser já me dão uma mão cheia de tanto que fazer, quanto mais ainda andar a cuidar que a vida dos outros corra neste ou naquele sentido.


Uma Mulher Poderosa, de poder e com poder, que sabe quem é e o lugar que ocupa, faz apenas uma coisa na Vida e com a sua Vida - OCUPA O SEU LUGAR pois sabe que os outros lugares não são os seus…


Homens tementes aos mistérios da mulher poderosa… deixem-se de coisas e não mandem mais lixo vosso para o coração e útero das mulheres poderosas que têm o privilégio de conhecer. Honrem sim todas as experiências que podem absorver com uma mulher assim. É impagável!


Mulheres medrosas… ocupem-se de conhecer e resgatar o vosso poder e não se preocupem com os poderes das mulheres poderosas. Aproveitem, e peçam-lhes dicas de como chegar lá mais rápido, já que nós, as mulheres poderosas, tivemos de abrir caminhos muitas vezes sozinhas e ainda mais com as vossas facas espetadas nas costas.


Eu, como mulher poderosa/de poder/com poder assim me apresento e decreto que cada um ocupe o seu lugar e cuide das suas devidas coisas.


Até breve!


Isabel Angélica

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo