Da Grande Deusa ao patriarcado

Onde antes a mitologia da deusa-mãe estava associada ao simbolismo da serpente, passa agora a existir o mito do Apolo romano (…). Tendo adoptado as crenças oriundas da Grécia, os Romanos apropriaram-se igualmente dos seus mitos. E, de acordo com estes, foi o Deus Apolo quem venceu a serpente Píton, senhora oracular de Delfos. Deste modo, as pitonisas passaram a ser servidoras de Apolo, foram subalternizadas, e era em seu nome que profetizavam ao atingir o estado de transe provocado pelas emanações que brotavam da fenda existente no santuário de Delfos.

– in O Santuário Alentejano de São Miguel da Mota de Gabriela Morais

1 visualização

Todos os conteúdos deste site são de minha autoria e expressam quem sou e no que acredito. Ao usares expressões, frases ou imagens minhas e a partir deste site, cita a fonte, por favor. Gratidão.

© 2008 - 2020 por Isabel Angélica - Escola Iniciática de Desenvolvimento Humano e Espiritual | Terras de Lyz & Árvore da Lua

Site criado por Isabel Angélica com Wix.com